8 de fevereiro de 2016

10 de janeiro de 2016

Uma fotografia por domingo (360)





Recado ao S. Pedro:
Não pode ir mandar chover para outro lado?
Estamos a ficar um bocadinho fartos de tanta chuva.

28 de dezembro de 2015

Rapidinha de segunda

De empresário para empresário:

- Como consegues que os teus empregados cheguem pontuais ao trabalho?
- Simples, tenho 30 empregados, mas só 20 estacionamentos....

21 de dezembro de 2015

Rapidinha de segunda

De chefe para empregado:

- Este é o quarto dia que você chega tarde esta semana.
Que conclusão tira disso?

- Que hoje é quinta-feira...

14 de dezembro de 2015

Rapidinha de segunda

- Soubeste que faleceu o chefe?
- Sim, mas queria saber quem faleceu com ele.
- Por que é que perguntas?
- Não leste o anúncio posto pela empresa?
Dizia: "e com ele morreu também um grande trabalhador...!"

7 de dezembro de 2015

Rapidinha de segunda

"Para uma melhor digestão eu bebo cerveja;
No caso de perda de apetite eu bebo vinho branco;
No caso de diminuição da tensão arterial eu bebo vinho tinto;
No caso de tensão alta eu bebo uísque e quando apanho uma constipação bebo um bagaço”.

- "E quando é que a senhora bebe água?”
- "Eu nunca estive assim tão doente.

27 de novembro de 2015

Iuuupi, finalmente, o fim

dos exames do 4.º ano.
Só quem nem imagina o que se passa dentro de uma sala de aula pode achar alguma utilidade nesta Crato-invenção (não foi só invenção dele, mas ele "melhorou-a" substancialmente...)

A lei aprovada hoje vai, para começar, poupar imenso dinheiro ao país.
Seria interessante que alguém fizesse as contas ao que se gasta gastava com os exames: toneladas de papel, GNR a distribuir os exames, autocarros a transportar as crianças, professores corretores (não os que corrigem os exames, que esses trabalham de graça, mas os que vão às reuniões a Lisboa e que depois passam a palavra aos outros em intermináveis reuniões).

Para crianças e professores é um sossego, já que o programa pode ser dado com mais calma (em vez de ter de estar toda a matéria dada no início de maio) e acabam-se os imensos dias de aulas que são apenas "treinos de português e matemática para exame" em vez de aulas normais, com todas as disciplinas.
Os exames não acrescentam nada de nada, a não ser uma carga de trabalhos e de stress.
Haverá algum professor incapaz de avaliar os seus alunos depois de 4 anos de trabalho com eles? Esse conhecimento pode ser substituído por uma prova de 90 minutos?

Hoje demos todos um imenso suspiro de alívio...

16 de novembro de 2015

Rapidinha de segunda

Uma Alentejana entra numa farmácia e pede uma garrafa de frequência.
O farmacêutico olha e diz:
- Desculpe-me, nos meus 30 anos de experiência na profissão, nunca ouvi falar desse produto.
É algum novo tipo de perfume?
A alentejana respondeu:
- Ê cá na sê!...
O dotôri disse-me que aquando ê tiver lôca com comichão na perseguida, pra me lavar com "Frequência"!

14 de novembro de 2015

Terror em Paris (outra vez)

Já sabemos o que vai acontecer a seguir: fronteiras fechadas, repressão policial, a perda de ainda mais direitos nos países democratas...
Já repararam que é isto que os terroristas querem?
Já repararam que estes ataques acontecem mais em países democráticos?

Será que vai ser desta que os políticos europeus se vão unir para lutar contra esta gente estas bestas que matam pessoas inocentes?

O que vai acontecer agora é o crescimento da xenofobia (mais um objetivo alcançado pelos terroristas) e aqueles que sempre foram contra o acolhimento de refugiados vão dizer "estão a ver como tínhamos razão?"
A esses quero dizer: estes não são os refugiado!
Os refugiados são refugiados porque também eles estão a fugir desta gente!

12 de novembro de 2015

O vice vai-se



Lembro-me de ter começado a detestar Sá Carneiro quando, poucos dias antes de morrer, em plena campanha eleitoral, começou a fazer uma campanha suja contra Ramalho Eanes, chamando-lhe comunista e alertando toda a gente para o que poderiam fazer os terríveis comunistas.
(nessa altura o "perigo comunista" até era real, o que não era verdade era o facto de Eanes ser comunista).

Agora, quase 40 anos depois, aparece Paulo Portas com a mesma conversa: cuidado com os comunistas, escondam as crianças, estamos na iminência de sermos governados por perigosos comunistas.
Alguém que explique a este senhor que a URSS já não existe e o muro de Berlim já caiu...

Deixar de ser "vice" deve fazer cá uma azia!

11 de novembro de 2015

Os segredos da tia Cátia

é um novo programa na 24 kitchen que tentei ver um dia destes.
Mas pronto, não conseguiremos nunca saber quais são os segredos da tia porque adormecemos antes dela os desvendar.
Que tédio!